26 de maio de 2020

Reflexão sobre a vida

Durante vinte anos segui uma linha doutrinária e filosófica, dos quais dez destes anos foram dedicados às práticas concretas e não apenas teóricas. Sempre fui de contestar, ter comprovações a respeito. Algumas vezes, não obtive respostas aos questionamentos, mas jamais me entreguei e saí vencido, sempre duvidando de alguns fatos que a minha frente se delineava.

Sempre ficava intrigado com algumas manifestações, talvez pela falta de conhecimento, então mergulhei nos estudos teóricos e práticos, fui resiliente e jamais deixei passar um detalhe que fosse. Adentrei vários grupos, num destes, apostei alto e paguei para ver resultados. Com certeza, guiado pelas mãos de Deus, os acontecimentos vieram para dar uma guinada incrível em minha vida.

Nos grupos, lutava pela disciplina, mas o orgulho e o estrelato levam o ser humano a falhas terríveis e imagináveis do ego. Caminhei por lamaçais, sempre acompanhado pela presença divina, não medi esforços para aprender e assim assimilar conhecimentos a respeito da complexidade da vida e no que tange cada forma de encará-la.

Por diversas vezes, me foi mostrado à realidade e sempre me deparei com o incontestável. Persisti, lutei e com o tempo aprendi que a vida tem seus percalços, mas aprendi também que nada vem ao acaso. Sofri, chorei por várias vezes, mas nunca perdi a fé. Estive em várias linhas teóricas e práticas. Fiz parcerias, mesmo vendo tudo ir pro ralo, chegou o momento de dizer “Adeus”.

Com o fim de um grupo harmonioso e o nascimento de desavenças e rancores, preferi manter distancia, pois jamais encontrei um grupo realmente interessado na prática do bem e que tenha como lema “Orai e Vigiai”.

Passei a desacreditar de tudo aquilo, onde a soberba reina e muitos adoram ludibriar. Às vezes, ainda me pergunto se acredito em tudo aquilo que vi um dia? Tudo aquilo realmente existiu ou foi apenas um circo? Eram pessoas despreparadas psicologicamente. Mesmo não tendo respostas claras a respeito, ainda trago comigo, todos os ensinamentos e carinho pela crença. Continuo de certo modo colocando em prática toda aquela filosofia assimilada com tanto carinho e dedicação.