Cidades

Diante do crescente número de casos de Covid-19, prefeito Renato de Castro decreta uso obrigatório de máscara em Goianésia

Diante do aumento crescente no número de casos de Covid-19 – e no elevado número de casos suspeitos, 33 até agora -, o prefeito de Goianésia, Renato de Castro (MDB), decreta o uso obrigatório de máscaras de proteção, para todos que saírem de casa a partir de agora. O decreto considera como válidas as máscaras artesanais.

Goianésia é a quinta cidade do Estado em número de casos confirmados de Covid-19: quatro. Dois deles, foram declarados curados. Mas os 33 que estão sendo monitorados e aguardam confirmação preocupam e muito as autoridades.

O decreto, publicado na segunda-feira (6),  estipula que o uso das máscaras será obrigatório em locais públicos e privados para que possa ser desenvolvida qualquer atividade.

Sobre as máscaras caseiras ou artesanais, o documento determina que tenha pelo menos duas camadas de pano, ser individual, ser feita com algodão, tricoline, tnt ou outros tecidos. As máscaras devem ser bem higienizadas. O Ministério da Saúde recomenda água e sabão ou água sanitária após o uso.

As máscaras precisam ser feitas nas medidas corretas: cobrindo totalmente a boca e o nariz e serem bem ajustadas no rosto, sem deixar espaços nas laterais.

As pessoas com quadro de gripe que estiverem em isolamento domiciliar devem continuar usando, preferencialmente, máscara cirúrgica. O indicado vale para o cuidador mais próximo dessa pessoa, quando estiver no mesmo ambiente da casa.

Jornalista e Escritor

× Fale Conosco