Política

Fragilidade da gestão Valmir Pedro abre espaço para oposição vencer

Herdeiro político do prefeito Valmir Pedro, o empresário Ozires Ribeiro vai assumir todo o ônus e nenhum bônus do apoio do atual mandatário de Uruaçu, na eleição de outubro.

Isso explica o péssimo desempenho do empresário nas pesquisas. Mesmo sem ter rejeição, carregar o legado de Valmir Pedro tem sido um peso difícil de colocar nas costas e enfrentar a corrida eleitoral.

Ele é apenas o quarto colocado nas pesquisas espontâneas, sendo que os três primeiros (Machadinho, Dr. Rodrigo e Bia) estarão juntos num só projeto. O que se comenta nos corredores políticos da cidade de 40 mil habitantes é que Valmir transfere rejeição e desgaste.

Uma liderança política importante da cidade, que já ocupou cargo político e pediu para não ser citada, define a administração como “Gestão pavão, muito barulho e pouca ou nenhuma ação”.

A promessa de construir casas populares foi jogada no mar do esquecimento, há uma epidemia de dengue alarmando a cidade, o carnaval que era um dos melhores do Estado, é uma festa bem pequena agora, espantando os turistas.

Outro político diz que Valmir Pedro acertou na criação de programas sociais, o que é seu grande mérito. Outro legado do prefeito é fazer arroz carreteiro para as pessoas quando inaugura um asfalto. “Pena que pouco tempo depois o asfalto já fica pior do que estava”.

É uma gestão frágil e que totalmente desgastada, em contagem regressiva para acabar, conta um político histórico da cidade.

 

Jornalista e Escritor

× Fale Conosco