Cidades

Governo vai repassar para alunos dinheiro da merenda escolar durante suspensão das aulas por causa do coronavírus, em Goiás

De acordo com reportagem da TV Anhanguera, os alunos da rede pública estadual de ensino vão receber o dinheiro da merenda escolar via depósito em conta corrente ou poupança e por meio dos cartões “Bolsa Família”, “Renda Cidadã” ou “Cartão Cidadão”. A mudança no programa de alimentação escolar terá a mesma vigência do decreto que suspendeu as aulas por 15 dias como prevenção ao contágio de coronavírus.

A medida tem efeito retroativo ao dia 16 de março. O decreto com a alteração foi publicado na quarta-feira (25) em formato de suplemento. O texto estabelece o valor individual diário de R$ 5 por refeição. Para a suspensão de 15 dias corridos, o valor total a ser pago será de R$ 75 por aluno.

O texto prevê novos pagamentos caso a suspensão das aulas seja prorrogada após o período já decretado e o valor será o mesmo de R$ 5 por dia. Os valores serão transferidos às famílias listadas no cadastro da Secretaria de Estado da Educação.

O dinheiro a ser repassado sairá das dotações orçamentárias da merenda escolar administradas ou destinadas à Secretaria de Estado da Educação e constantes das ações do Fundo Protege.

Jornalista e Escritor

× Fale Conosco