Cidades

Gestão Leonardo Menezes é a que mais concedeu reajuste aos professores: 48,68%

Desde que assumiu a Prefeitura de Goianésia, Leonardo Menezes resgatou muitos direitos dos servidores públicos, principalmente dos professores, que estavam há muito tempo estagnados.

Está sendo resgatada a progressão horizontal, benefício de carreira que estava paralisado desde 2009. Outra grande ação foi a realização, oito anos depois, de um grande concurso público, para contratação de 379 pessoas em diversas áreas da gestão municipal, sendo a maioria deles professores.

A atual gestão já pagou 48,68% de reajuste salarial aos professores da rede municipal de ensino de Goianésia, dos quais 8,01% deixado pela gestão anterior; 33,24% relativo ao ano de 2022 e 7,43% relativo ao ano de 2023.

A Prefeitura de Goianésia também é uma das poucas da Regional de Educação que já paga desde o início do ano o aumento aos professores, como prevê o Ministério da Educação (MEC). Até o momento, o reajuste é de 7,43%, já alcançando metade do índice de 14,95%, que é o definido pelo MEC.

A outra metade, que teria que ser repassada pelo Governo Federal – de acordo com o que é previsto em lei -, ainda não foi feita ao município, motivo pelo qual ainda não foi regularizado 100% o aumento do piso estipulado pelo MEC. Há previsão, de acordo com a secretaria municipal de Educação, que o reajuste alcance o valor total, de 14,95%, no primeiro semestre de 2024.

Jornalista e Escritor

× Fale Conosco