Cidades

Live Solidária organizada por José Machado arrecada alimentos para centenas de pessoas em Pirenópolis

Dentro do projeto Goiás Solidário, liderado pelo médico José Machado, foi realizada no sábado (22), em Pirenópolis, a Live Solidária – edição especial das Cavalhadas. Assim como a que aconteceu em Goianésia, o objetivo é arrecadar alimentos, que serão distribuídos para as famílias que estão enfrentando dificuldades financeiras na pandemia do novo coronavírus.

Além do médico e da Associação Médica de Goianésia, ajudam a organizar o evento: Capitão PM Castro, Sargento PM Vagner, Luan Mesquita da cidade de Pirenópolis, Pastor Wanderley do Carmo e Padre José Adeenes.

A edição especial de Pirenópolis teve como atração principal a dupla Paulim & Dodô, que tem se destacado em Goianésia e região. Além deles, houve apresentações típicas das Cavalhadas, de modo virtual. Por causa da pandemia, a edição da tradicional festa não foi realizada nos últimos dois anos.

A população vestiu a camisa, entendeu o propósito e engajou na Live Solidária (transmitida no canal oficial do médico no YouTube). Centenas de quilos de alimentos foram doados, além de doações em dinheiro através da vaquinha virtual do evento. Toda a renda será revertida em cesta básica e repassadas às instituições religiosas de Pirenópolis, que farão a triagem e a doação às famílias necessitadas.

José Machado comemora o sucesso do evento. “Estamos bastante felizes com a resposta da comunidade. É o momento de todos fazermos a nossa parte e ajudarmos o próximo. Logo teremos a Live Solidária em cidades como Corumbá de Goiás, Niquelândia e Rio Verde”, disse.

O médico ressalta que o objetivo filantrópico do projeto é ajudar famílias vulneráveis com segurança alimentar. “Nosso foco é garantir o máximo possível de alimentos para as pessoas que estão em dificuldade no momento. A gente entende que se cada um fizer a sua parte, ajudando como pode, teremos uma sociedade melhor, mais justa. Para não perdemos o foco e a eficácia do projeto, não iremos ampliar para outras áreas, apenas a ajuda alimentar, o que é algo que está fazendo muita diferença para quem recebe”, finaliza.

Jornalista e Escritor

× Fale Conosco