TODOS CONTRA O CORONAVÍRUS

Caiado projeta entregar mais de 1 milhão de cestas básicas até novembro

por

O governador Ronaldo Caiado reforçou os cuidados sanitários que o momento ainda exige e anunciou compra de mais 250 mil cestas básicas, que serão distribuídas às famílias em situação de vulnerabilidade, impactadas pela pandemia.

“Nós vamos entregar mais de 1 milhão de cestas básicas até novembro”, projetou Caiado. Esse é o maior número de donativos adquiridos com recursos próprios por um Estado brasileiro, desde o início da crise sanitária do novo Coronavírus.

O anúncio, feito pelo governador durante o encerramento do Encontro de Prestação de Contas da Educação e de Suporte Técnico às Secretarias Municipais, veio acompanhado de um apelo aos prefeitos. “A vida é muito importante. Que tenhamos espírito público”, defendeu Caiado. Lançada em março de 2020, a Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus já levou mais de 2 milhões de donativos à população.

“Desde o início da pandemia, temos trabalhado para garantir a segurança alimentar de todas as famílias, distribuindo as cestas básicas com segurança e sem causar aglomerações, pois essa sempre foi uma preocupação muito grande do governador Ronaldo Caiado”, explicou a coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado. “Sabemos que esta crise que vivemos é sanitária, mas também econômica e social. Continuaremos com a campanha enquanto for preciso, para que nenhuma família goiana fique para trás”, completou.

Desde o início da pandemia, mais de R$ 70 milhões foram investidos pelo Governo de Goiás para garantir a segurança alimentar das famílias goianas. Desses, R$ 49 milhões foram para compra de 750 mil cestas básicas e R$ 28 milhões repassados diretamente aos municípios para investimentos na área de assistência social. As 250 mil cestas adquiridas na terceira etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus estão em fase final de distribuição para os municípios.

Com os investimentos, até o início de julho o Estado já terá repassado aos municípios 750 mil cestas básicas, 456 mil frascos de álcool 70% e mais de um milhão de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), como máscaras, capotes e protetores faciais.