SOLIDARIEDADE
5 de outubro de 2021

Governo de Goiás entrega 70 mil cestas básicas no mês de setembro

O Governo de Goiás entregou cerca de 70 mil cestas básicas em todo o Estado de Goiás apenas durante o mês de setembro. É o que mostra levantamento realizado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS) referente à quarta etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, lançada no último dia 17 de setembro pelo governador Ronaldo Caiado.

Nas últimas semanas, a ação já beneficiou cerca de 140 municípios e deve chegar a mais 50 na próxima semana. O cronograma segue ao longo do mês de outubro até a finalização da entrega das 250 mil cestas básicas disponíveis para esta etapa. “Todo esse esforço é pra levar o alimento, casa por casa, a todos os lugares”, reforça o governador Ronaldo Caiado.

Os kits de alimentos foram adquiridos pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) e são distribuídos às famílias em situação de vulnerabilidade social por meio de parceria firmada entre o Governo de Goiás e as prefeituras. Na capital e em Aparecida de Goiânia, as entregas ficam por conta da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). Nova etapa também já beneficiou associações quilombolas de 16 municípios.

A Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus foi lançada pelo governador de Goiás em março de 2020, logo no início da pandemia, para garantir a segurança alimentar das famílias goianas mais afetadas pelo período de restrições. Com a quarta remessa, Goiás destina mais de 1 milhão de cestas básicas, desde o início da pandemia de Covid-19, a todos os 246 municípios, além de assentamentos rurais, acampamentos e comunidades quilombolas. Este é o maior número de donativos adquiridos com recursos próprios por um Estado brasileiro neste período.

Presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), a primeira-dama Gracinha Caiado destacou que a pandemia afetou todos os goianos, mas sobretudo aqueles que vivem em situação de vulnerabilidade. Por isso, destaca que o governador Ronaldo Caiado fez questão de garantir a segurança alimentar dessas pessoas, desde o primeiro momento da pandemia.

“Todas as ações do Governo de Goiás têm foco e são pensadas em conjunto para que as pessoas de todas as regiões do nosso Estado deixem a extrema pobreza e possam retomar as próprias vidas após esse período tão difícil. Garantir a segurança alimentar dos goianos e goianas, que mais precisam durante a pandemia, foi um grande desafio, mas com o apoio das prefeituras, chegamos à nova etapa levando cada vez mais dignidade às famílias goianas”, reforçou Gracinha Caiado.

O Governo de Goiás já investiu, desde março de 2020, aproximadamente R$ 90 milhões na segurança alimentar das famílias goianas. Desse montante, mais de R$ 70 milhões foram para a compra das cestas básicas, sendo que R$ 28 milhões foram repassados diretamente aos municípios para investimento em assistência social, com utilização em despesas emergenciais geradas pela pandemia, o que inclui aquisição de cestas básicas e ações de proteção social.